E o pedestre que morra.

A tendência nas últimas décadas têm sido só o “alargar avenidas, garantir o fluxo de veículos”, não importando os custos ambientais e de qualidade de vida que isso tiver. E essa máxima está chegando cada vez mais a níveis absurdos.

Me senti impelido a “roubar” essa foto que um amigo meu fez, pois essa calçada na Avenida Cristóvão Colombo é um exemplo grotesco:

Essa calçada ilustra a irresponsabilidade da Prefeitura Municipal e tem no máximo (se é que tem!) 40 ou 50cm de largura. Não passa cadeirante, pessoas obesas e pais e mães com carrinhos de bebê são forçados a andar pela rua. O direito de ir e vir e a segurança do pedestre cerceados para que pessoas egoístas que andam sozinhas em um veículo de uma tonelada possam se deslocar rapidamente sem enfrentar congestionamentos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s